Xiukong

b88ff590d45dfb3070d9543f45bff100

Tudo poderia estar se movendo em câmera lenta, mas não está. O tempo corre, a vida segue e tudo continua.

As crianças se amontoam perto das poças, tentando enxergar o que aconteceu. No espaço entre um repórter e outro, vislumbram um pouco da situação: um braço estendido, junto ao corpo imóvel. Os cliques das máquinas fotográficas combinam com o barulho leve da chuva, e os flashes não incomodam os olhos daquele que está no centro das atenções, dentro cordão policial aguardando o lençol branco.

Para os policiais, mais um dia comum no subúrbio carioca. Para mim, o meu fim.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s