O quadro de Jacques-Louis

comp

– Clément! Traga minha vasilha com vinho, e rápido! – ordenou o homem magro e narigudo submerso na água, cobrindo suas escarras que o atavam à banheira.

O empregado trouxe com presteza rígida, apressando o passo. “Aqui está, Monsieur”, disse sem ouvir agradecimento. Enquanto isso, outro empregado adentrava o recinto anunciando a chegada de uma formosa dama:

– Mademoiselle Corday, Monsieur!

– Deixe-a entrar, Valentin. – respondeu o homem emerso.

Charlotte Corday era uma moça bela de aparência inocente. Vestida com os trajes da baixa burguesia, ela adentrou a sala que, por mais que tivesse uma banheira, era o escritório do dono da casa. Trazia entre seus suaves dedos alguns papéis contendo listas de nomes.

– Olá, minha querida… Espero que não se decepcione ao conhecer o dono “Amigo do Povo” – comentou o homem, acomodando-se na banheira. -. Infelizmente minha condição me impede de ficar fora d’água por muito tempo, então tenho que recebê-la assim mesmo. Está contigo a lista dos traidores?

Ela estendeu os papéis e manteve uma das mãos levemente ocultas sob o volumoso vestido.

– Aqui está, monsieur. Caen está ansiosa para que a guilhotina desça como nunca nos pescoços Gerondinos. – completou Charlotte.

– Com certeza, mon cher, com certeza serão todos guilhotinados – expressou com satisfação o homem, evitando o contato das folhas com a água. Já ouvia os tambores rufando, a população jogando tomates enquanto o incessante subir e descer da guilhotina fervia os corações. Pensou nas canções escritas sobre seus feitos, a serem cantadas ao som de cravo e violino.

Analisando os papéis, imerso na banheira que sempre fora sua única poltrona, o homem se chamava Jean-Paul Marat, e subitamente sentiu o frio da lâmina adentrando seu peito, vertendo o rubro líquido que se misturava ao amarelado das ervas que compunham seu banho medicinal.

Inclinou-se para fora, buscando ajuda da garota, mas era tarde demais: morreu com parte do corpo para fora, e como um messias nos braços da liberdade foi eternizado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s