Amante

beard-for-dribbble_1x

Charles chegou em casa e foi recepcionado com um ‘oi’ dispensável do filho adolescente, latidos e brincadeiras do cachorrinho e com o cheiro do jantar que a esposa estava preparando. Beijou-a levemente, elogiou a nova cor castanho-claro do seu cabelo e foi tomar banho.

Trancou a porta do banheiro, despiu-se e olhou-se fixamente no espelho apoiando as mãos sobre a pia. Observou seu rosto como se fosse de outra pessoa, analisando cada ruga que era aumentada pela lente dos óculos, a cor dos olhos azuis que a idade acabara enfraquecendo, a falta de cabelo compensada por uma grande e levemente grisalha barba. Neste momento lembrou-se do último encontro que teve com ela naquela mesma manhã, quando aproveitou cada gota de desejo no corpo da voluptuosa mulher de cabelos loiros. Em tantos anos de casado, Tatiane não fora a única: muitas outras passaram por suas carícias, suaves e violentas. Tinha um gosto peculiar pelos cabelos dourados, corpos voluptuosos e alta estatura, e nenhuma delas tinha outra aparência.

Fez uma concha com as mãos e encheu-a de água, jogando-a suavemente sobre o rosto, tentando se distrair dos pensamentos luxuriosos que o cercava. Conheceu Tatiane há três semanas, enquanto dirigia para o trabalho e avistara a moça pedindo por carona – provavelmente para não precisar subir o ingrime morro a pé. Casualidade do destino ou não, ela era seu tipo de mulher e fora o suficiente para que tentasse um flerte.

Fitando as gotas d’água percorrendo sinuosamente sua espessa barba, Charles lembrou-se de como foi a sensação deliciosa do dia em que deu carona a Tatiane. Por mais que o flerte não tivesse dado certo, ele insistiu, até que finalmente agarrou a cabeça da menina e bateu contra o painel do carro. Uma, duas, três, quatro, cinco vezes, até que somente os espasmos da morte fossem as únicas reações da garota. Desde então, eles tem se encontrado inúmeras vezes no terreno baldio onde deixou o corpo.

Amanhã será seu último encontro, pois Charles não vê mais condições para que continuem sua relação amorosa, e ele terá de encontrar outra amante.

Anúncios

5 comentários

    1. Olá, Mari! Obrigado pelo elogio.
      Eu e minha esposa adoramos também, principalmente porque gostamos muito de filmes dd terror.

      Abraço!

      1. Seu blog apareceu nas recomendações do meu por proximidade. Hehe. Nao se preocupem, meu interesse por serial killers se resume a discovery investigação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s