O Demônio em mim

Imagem

À noite, quando tudo parece quieto e tranquilo ele vem e me atormenta. Não sinto meus braços, meus dedos nem consigo distinguir onde estou. Longe de ser um esquecimento, mas uma estranheza profunda de onde estou naquele exato momento, se é realidade aquilo em minha volta ou o movimento do meu braço ou de meus olhos.

No banho, basta um pequeno deslize para que eu tenha que me segurar em qualquer coisa, amedrontado com a súbita ausência do chão e do simples tato entre mão e sabonete. O dia-a-dia com ele se torna uma atividade cansativa e aterrorizante, pois não sei quando pode voltar.

Podem chamar de demônio, espírito maligno ou obsessor: Ele está sempre à minha espreita, esperando um momento em que eu esteja relaxado para retirar minha paz de espírito.

Diabo, Asmodeus, Behemote, Exu, Damballa, Azazel, Astaroth, Bazuzu, Baal, Abbadon, Belzebu ou Lúcifer, qualquer que o seja, some com 25mg de Fluoxetina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s